A eletroestimulação (utilização de estímulos elétricos) é um recurso essencial, dentro do tratamento, para recuperar a contração da fibra muscular que está diminuída ou ausente.

É utilizado um eletrodo dentro do canal vaginal ou anal, o qual vai produzir a contração muscular de todo assoalho pélvico. Através da eletroestimulação pode-se aumentar a força e resistência muscular devolvendo a conscientização e controle sobre os músculos do assoalho pélvico.

Além disso também pode ser usada no alívio da dor e espasmo muscular.