Acupuntura

Graças às pesquisas científicas realizadas nos últimos 50 anos, tanto na China como no Ocidente, os efeitos da Acupuntura vêm sendo desvendados. Seu mecanismo de ação tem sido demonstrado à luz da ciência atual com a descrição de bases fisiológicas.

Terapia Tântrica

O tantra é uma das muitas vertentes das linhagens indianas que lidam com o corpo e com a mente de forma a experienciar e resolver diversos aspectos da nossa vida, no caso do tantra, da sexualidade e de aspectos e disfunções dessa área.

Treinamento funcional do assoalho pélvico

Após aquisição de ganho de força e resistência muscular do assoalho pélvico inicia-se o trabalho com atividades com sobrecarga do assoalho pélvico (treinamento funcional), ou seja, situações de esforço como tossir, pular, andar, correr, subir escadas, agachar, exercícios abdominais associando-os a contração perineal, etc.

Terapia comportamental

A terapia comportamental inclui orientações ao paciente quanto à ingestão hídrica diária, horários de micção e realização de diário miccional.

Utilização de dispositivos intravaginais – Cones vaginais

Cones vaginais são dispositivos intravaginais com várias opções de pesos que podem ser introduzidos pela própria paciente via vaginal fornecendo contra resistência e estímulo sensorial aos músculos do assoalho pélvico à medida que eles se contraem.

Equipamento biofeedback manométrico e EMG

O procedimento com o Biofeedback manométrico consiste na utilização de uma sonda vaginal e/ou anal, que é inflada dentro do espaço vaginal ou anal, de maneira que exerça uma pressão contra a parede do local aplicado.

Equipamento de eletroestimulação

A eletroestimulação (utilização de estímulos elétricos) é um recurso essencial, dentro do tratamento, para recuperar a contração da fibra muscular que está diminuída ou ausente.

Correções posturais

Alterações e deformidades da coluna alteram a biomecânica da pelve e podem comprometer o bom funcionamento dos músculos do assoalho pélvico.

Cinesioterapia

Todos os músculos do corpo podem ser fortalecidos através de um programa de treinamento muscular, porém, no caso dos músculos do assoalho pélvico é preciso saber identificá-los antes de iniciar os exercícios. Um meio fácil para testá-los é tentar impedir o fluxo urinário (esfíncter uretral) durante a micção.

Fisioterapia Pélvica

A Fisioterapia Uroginecológica ou Fisioterapia do assoalho pélvico é uma técnica utilizada no tratamento de diversos tipos de distúrbios miccionais, anorretais e sexuais. Descrita em 1948 pelo médico Ginecologista Arnold Kegel, preconizava exercícios de fortalecimento dos músculos do assoalho pélvico (também conhecido como exercícios de KEGEL) como forma de prevenir a incontinência urinária e prolapsos genitais (queda da bexiga, útero).